sábado, 21 de janeiro de 2012

Parker Quink Black

A nossa crítica a uma tinta clássica na história dos objectos de escrita: a Parker Quink Black.
Our review of a a classic of writing instruments history: Parker Quink Black.


Marca da tinta: Parker Quink
Cor: Black
Caneta utilizada: Parker Deluxe Challenger; aparo F
Ink brand: Parker Quink
Colour: Black
Pen used: Parker Deluxe Challenger; fine nib


Esta tinta possui uma cor preta profunda, escura, embora ligeiramente cinzento-acastanhada. Flui muito livremente no aparo demorando, por isso, alguns segundos a secar. Alastra pouco no papel e é pouco visível à transparência na outra face da folha.
This is a deep black ink, although with a slight brown-gray tone. It has a very good flow and takes a little to dry completely. It shows almost no feathering and very little bleed-through.

É uma tinta de cor básica, uma excelente opção para quem gosta de escrever a preto, devendo ter o cuidado de evitar usá-la em canetas com grande fluxo de tinta, devido à sua fluidez.
It is a standard for those who like to write in black while being careful when using it in very free flowing pens due to its “wetness”.

No que respeita à resistência, esta tinta clássica da Parker resiste de forma bastante razoável à água. Com o tempo ou com a exposição ao sol, esta tinta perde intensidade e torna-se num castanho alaranjado mas mantém-se legível.
This classic Parker ink shows a medium water-resistance. When the ink ages on the paper or is exposed to sunlight it turns into a orange-brown, keeping the readability.

Apresenta uma boa densidade embora existam tintas mais densas no mercado. No entanto apresenta uma muito boa relação qualidade/preço.
It is a dense ink, although there are inks more saturated than this. It as very good cost/quality ratio.



Pode encontrar mais críticas no nosso índice de críticas de tintas.
More reviews can be found on our ink review index.

Sem comentários:

Enviar um comentário