terça-feira, 3 de maio de 2016

As partes da caneta de tinta permanente


Por não existirem muitos recursos de informação sobre canetas de tinta permanente redigidos em Língua Portuguesa, achámos que seria importante fazer publicações que, ao longo do tempo, fossem abordando áreas e conceitos fundamentais como as partes componentes de uma caneta de tinta permanente, sistemas de enchimento, etc. Estas publicações farão a correspondência entre as expressões em Língua Inglesa e as várias expressões utilizadas nos diversos países de expressão portuguesa.
Pretendemos, com esta iniciativa, contribuir para a aproximação dos interessados neste assunto, bem como abranger de forma mais inclusiva muitos dos nossos seguidores - alguns provenientes do Brasil - e que utilizam uma nomenclatura ligeiramente diferente.
Estaremos, claro, abertos às observações dos nossos leitores e aos contributos que nos possam transmitir, com mais vocabulário e eventuais correcções para que o Objectos de Escrita possa ser cada vez melhor e mais útil.

Partes de uma caneta de tinta permanente ou caneta-tinteiro




Legenda:
1- Aparo, pena, nib;
2- Alimentador, conduta, feed;
3- Secção, ponteira, section;
4- Corpo, body;
5- Tampa, cap;
6- Patilha, clip.

Designação e descrição da função de cada uma das partes acima listadas:

Aparo, pena, nib: Estrutura metálica, geralmente em ouro ou aço, que permite o contacto da tinta com o papel. Em regra, este contacto faz-se através de uma pequena porção de irídio, soldada ao metal do aparo. Este  irídio possui uma maior dureza do que o aço ou outro, evitando o seu desgaste durante a escrita. Existem, no entanto, alguns aparos sem esta porção de irídio.

Alimentador, conduta, feed: Estrutura, geralmente de ebonite ou plástico, que contém o canal de alimentação da tinta à ponta do aparo. Nas primeiras canetas de tinta permanente esta conduta estava situada sobre o aparo (overfeed) tendo, com o tempo, passado a ser instalada sob o aparo (underfeed), situação que se verifica nas canetas actuais.

Secção, ponteira, section: Zona da caneta situada entre o aparo e o corpo. É uma zona de fulcral importância. Em primeiro lugar, é no interior da secção que se inserem o aparo e o alimentador, permitindo ligar o reservatório de tinta ao aparo. Em segundo lugar, é a zona da caneta que o utilizador escolhe para a segurar, durante o processo de escrita.

Corpo, body: O corpo consiste em toda a parte posterior da caneta e tem duas funções principais: o prolongamento do comprimento da caneta, contribuindo para o conforto na escrita; e o alojamento, no seu interior, do reservatório de tinta. As características externas do corpo podem variar consideravelmente consoante o sistema de enchimento da caneta.

Tampa, cap: A tampa serve o propósito fundamental de proteger o aparo quer contra danos físicos, quer contra a secagem da tinta. Frequentemente apresenta uma tampa interior que garante um fecho hermético da zona do aparo, impedindo o contacto com o ar exterior, mantendo a tinta em condições de escrever assim que se destapa a caneta.

Patilha, clip: O clip é uma peça que pode não estar presente em todas as canetas. Serve principalmente para segurar a caneta no bolso quando guardada.

Sem comentários:

Enviar um comentário