segunda-feira, 18 de abril de 2016

Wing Sung 233

A Wing Sung é uma marca chinesa de canetas que foi adquirida pela Shanghai Hero Pen Company.


Design – O design desta caneta possui algumas particularidades desconcertantes, O aspecto geral é sóbrio, com um corpo preto e uma tampa prateada arredondada e um clip comprido. Um design que poderíamos chamar clássico. No entanto, ao tirar a tampa reparamos imediatamente no magnífico aparo dourado que não combina com a tampa prateada. Para juntar a esta dissonância, o pequeno anel metálico no fim da secção é prateado. Também é difícil de explicar a cor alaranjada da janela transparente que termina a secção. 10/20


Materiais – O corpo da caneta é fabricado em plástico e a tampa é metálica. Os materiais parecem sólidos, resistentes e os acabamentos são bons, muito mais do que seria de esperar de uma caneta desta gama de preços. Até o fecho da tampa, com um clique, parece resistente ao desgaste provocado pelo uso. 18/20


Aparo – O aparo desta caneta é grande e cónico (inspirado nos aparos da Sheaffer?). Esta forma de aparo permite uma transição visual muito mais suave da secção para o aparo. Este, apesar de dourado, deverá certamente ser de aço. A sua rigidez é impressionante. Apesar de deslizar bem no papel e de o alimentador estar à altura ao fornecer a quantidade de tinta adequada ao aparo há algo no som da caneta ao escrever que denuncia que o acabamento do aparo poderia ser um pouco melhor. 16/20





Pormenores – O pormenor mais interessante e atraente desta caneta é o seu aparo, a lembrar os míticos aparos cónicos da Sheaffer. Considero-o bastante atraente, com os caracteres chineses sobre o Made in China, nele gravados. É um pormenor que pode fazer desviar algumas atenções para este objecto de escrita relativamente modesto. 18/20



Sistema de enchimento – O enchimento é feito pelo sistema tipo “aerometric”. Embora o reservatório de tinta não seja enorme, é bastante bom e construído com muito bons acabamentos e materiais que parecem inspirar confiança. 18/20



Conforto na escrita – Esta caneta apresenta um diâmetro não muito grande, ligeiramente inferior ao de uma Parker 51. É uma caneta relativamente levem sendo mais confortável utilizá-la com a tampa colocada na extremidade do corpo. A secção é ainda um pouco mais fina do que o corpo. Se o acabamento do aparo permitisse uma escrita mais suave, o conforto na escrita seria um pouco melhor. 15/20



Preço – Este é o ponto mais forte desta caneta. Um objecto de escrita bastante fiável que pode ser encontrado online entre os 2 e os 5€. 20/20



Apreciação final – Uma boa caneta com um aparo interessante. Não terá o melhor conforto para horas seguidas de escrita mas e muito acessível para as utilizações menos intensas. Ganhadora em termos de relação qualidade/preço. Por este preço é a caneta que se pode ter e deixar no escritório, sem medo que desapareça. Infelizmente a Wing Sung já não existe e os exemplares que se vão vendendo não vão sendo produzidas, pelo que o preço poderá aumentar no futuro. 16/20





Sem comentários:

Enviar um comentário