terça-feira, 6 de setembro de 2011

Rotring rapid Pro

Recentemente a Rotring introduziu na sua gama de objectos de escrita (ou de objectos de desenho) um novo modelo: a Rotring rapid Pro.

O meu contacto com estes objectos de escrita iniciou-se com a Rotring 500, passando pela Rotring 600, tendo adquirido mais recentemente uma Rotring rapid Pro.

Toda esta linha de lapiseiras tem como um dos seus pontos distintivos uma zona de metal fortemente texturado, ligeiramente mais espessa do que o restante corpo, onde se posicionam os dedos para a escrita ou desenho. É uma zona que, devido à sua rugosidade e maior diâmetro, contribui para uma utilização confortável e não deslizante.

Outra das suas características que mais aprecio é o sistema de “amortecedores” que permitem exercer uma pressão variável, sentindo retorno da lapiseira ao fazê-lo. Estas duas características existiam já na Rotring 500.

A Rotring rapid Pro é fabricada em metal apresentando, por isso, um peso que a torna mais confortável e mais fácil de usar em casos em que seja necessária maior precisão no traço. Adicionalmente possui um sistema de ponta retráctil que permite guardá-la mais facilmente no bolso sem recear os estragos que uma ponta aguçada possa fazer.

Está disponível no mercado sob a forma de esferográfica ou lapiseira, estando esta última disponível com espessuras de mina de 0,5, 0,7 ou 2,0 mm. Mais recentemente foi lançada em preto com acabamento baço em todas as versões acima indicadas.

Embora seja uma lapiseira relativamente cara (cerca de 35€) tendo em conta outras opções no mercado parece, pela sua construção, um objecto robusto, fiável e com uma durabilidade prolongada, adequada a um uso intenso, associada a um visual elegante que não a posiciona no nicho exclusivista dos objectos especializados de desenho técnico.






Sem comentários:

Enviar um comentário